Publicidade

Taxa de ocupação Covid-19 cai no Hospital Regional de Xanxerê

28 de Julho
Publicidade

 

O número de internações em decorrência da Covid-19 começou a diminuir no Hospital Regional São Paulo (HRSP). Depois de meses, essa é a primeira queda na taxa de ocupação dos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e de internação. Conforme o boletim divulgado nesta quarta-feira (28), 11 pacientes estão na UTI e nenhum na enfermaria.

A ala Covid do HRSP conta com 20 leitos de UTI e oito de enfermaria. Desde o início da pandemia, foram confirmados no hospital, 900 casos da Covid-19. Do total de pacientes internados, a taxa de recuperados é de 62,6% - o que representa 563 pacientes. Cenário bem diferente do registrado no auge da pandemia


Dr. Mário Marques, Diretor Técnico do HRSP, avalia que “estamos vendo uma luz no fim do túnel. Os números estão caindo, tanto de novos pacientes internados, quanto de óbitos. Nossos números estão dentro da média nacional de recuperados e óbitos,” explicou.

Na avaliação do profissional, um dos fatores decisivos para a melhora no cenário, é a ampliação no número de pessoas vacinadas. “É importante frisar que essa queda dos números somente foi possível com o aumento do número de pessoas vacinadas. Temos que reforçar a necessidade de aumentar a vacinação, manter os cuidados de higiene e distanciamento social e principalmente enaltecer o SUS, que permite que todos, independentemente de sua classe social, tenham acesso a vacinação e aos serviços de saúde,” finaliza o Diretor Técnico do HRSP.

Um dos cenários mais críticos da pandemia, vividos no Hospital Regional São Paulo, ocorreu nos meses de fevereiro e março deste ano. No dia 02 de março o HRSP estava com 100% de ocupação em todos os ambientes, tanto na UTI Geral, UTI Neonatal, internação, Ala Covid e na Emergência, onde haviam 35 pacientes, sendo 20 entubados, aguardando transferência para leitos de UTI Covid.

Publicidade
Publicidade