Publicidade

Homem é preso após ameaça de morte à ex-companheira em Pinhalzinho

Em ameaça o homem a disse: "você só irá ter paz quando eu te matar ou quando eu morrer".

28 de Julho
Publicidade

Uma ocorrência de descumprimento de medida protetiva de urgência e ameaça no âmbito da Lei Maria da Penha foi atendida pela Polícia Militar de  Pinhalzinho. 


Conforme a PM, a comunicante procurou o Grupamento de Polícia Militar e relatou que seu ex companheiro chegou em sua residência de manhã, momento em que a mesma saía de casa com destino ao seu trabalho. Seu ex companheiro lhe agarrou pelos cabelos e lhe levou novamente para dentro da residência onde deferiu-lhe um soco nas costelas do lado direito. Além disso, lhe ameaçou, quando a mesma lhe pediu pra ser deixada em paz, lhe dizendo a seguinte frase "você só irá ter paz quando eu te matar ou quando eu morrer".

Em ato contínuo, lhe tomou o aparelho celular e disse que a mesma só iria mexer no mesmo quando estivesse em casa e na presença dele. Impediu a mesma de levar o filho para ficar aos cuidados de sua mãe, a qual toma conta da criança de um ano e sete meses enquanto a genitora da criança trabalha. O masculino então deixou a comunicante sair pra trabalhar momento este em que a mesma deslocou até o GPPM para pedir ajuda.


Mediante os fatos, a guarnição deslocou até a residência da comunicante onde encontrou o autor dos fatos dentro da residência dormindo no quarto da solicitante juntamente com o filho. Foi dada voz de prisão ao autor e lhe informado o motivo da prisão sendo que as partes foram entregues na Delegacia de Polícia de Chapecó (CPP).

Publicidade
Publicidade